Os brasileiros Rods Novaes, Arthus e Jack Cheler em lançamento da Serialism

Por Manoel Cirilo

640x640.jpg

A gravadora Serialism, comandada pelo italiano Cesare vs. Disorder, pertence ao alto escalão de selos internacionais e é uma das maiores referências dentro do seu nicho, que percorre do techno ao minimal, flertando com o house. Sediada em Berlim e com time complementar baseado em Londres, a label recentemente voltou sua atenção para o Brasil e passou a promover por aqui edições de suas imponentes festas, que acontecem em várias cidades do mundo. 

Na última sexta-feira, a gravadora lançou mais uma edição da coletânea Before Everything Else, organizada pelo seu fundador Cesare vs. Disorder. O volume 3 da série é composto por 14 faixas exclusivas, que exploram as melhores camadas dos sons que representam a identidade do selo. Entre os nomes que assinam as produções, estão Andre Buljat, Dubphone e Loquace, parceiros de longa data da gravadora.

O grande destaque do lançamento, no entanto, ficou para a presença dos produtores brasileiros que emprestaram seu talento para a construção da coletânea. O mato grossense Rod Novaes, nome por trás da super gravadora Not For Us, juntou toda a sua expertise nos estúdios ao som do talentoso Arthus para produzirem juntos a faixa Mano. A faixa é um minimal melódico e dançante, misturando as influências introspectivas de Arthus com a pressão de pista característica de Rods Novaes.

Quem fecha o trio de brasileiros no VA é o catarinense Jack Cheler. Uma das mentes por trás da festa Garage, importante marca do litoral catarinense.Jack começou a se aventurar nos estúdios há pouco tempo, desde o ano passado. Apesar disso, sua habilidade é notória. Little Groove tem uma boa tradução para a pista e é um dos destaques do release. Ouça o VA na íntegra.

Lísias Paiva